Publicado em 22/09/2014 18h11

Encontro sobre tecnologia da carne reúne produtores e técnicos na Capital

Produtores rurais de Campo Grande, Corguinho e Rochedo participaram hoje (12.09) do 27º Encontro de Tecnologias para a Pecuária de Corte, promovido pelo Sindicato Rural e que reuniu ainda profissionais de diversos outros segmentos que integram a cadeia da carne.

Produtores rurais de Campo Grande, Corguinho e Rochedo participaram hoje (12.09) do 27º Encontro de Tecnologias para a Pecuária de Corte, promovido pelo Sindicato Rural e que reuniu ainda profissionais de diversos outros segmentos que integram a cadeia da carne. Durante o evento foi promovido o lançamento de pré-projeto de aplicativo para telefone celular e tablet voltado ao controle, manejo e pesagem de bovinos.

Na abertura do encontro o presidente do Sindicato Rural Oscar Stuhrk reafirmou a necessidade de os produtores se manterem tecnologicamente atualizados para que viabilizem as condições necessárias para se manterem no mercado.

“Não há como dissociar a tecnologia da produção”, disse ele, ao destacar que o evento busca justamente ser mais uma ferramenta para que todos os integrantes da cadeia da carne tenham acesso as mais recentes informações do setor. Oscar Stuhrk agradeceu ao prefeito de Campo Grande Gilmar Olarte e ao presidente da Câmara Municipal Mário Cesar, pelo apoio que o sindicato vem recebendo do poder público municipal.

Para ele, as parcerias firmadas e as relações institucionais entre o sindicato e entidades como a Embrapa, OAB, Sindivet, Famasul, CREA e MNP, dentre outras, “nos dá a certeza de que estamos no caminho certo no que diz respeito à nossa proposta de trabalhar não apenas em defesa do setor produtivo, mas também a favor da sociedade de maneira geral”.

Por sua vez, o presidente da Famasul Eduardo Riedel, o atual momento vivido pela pecuária é bastante positivo. “Acompanhamos o aumento da produtividade por meio de investimentos em tecnologia, mas temos desafios a superar, principalmente no que diz respeito à competitividade dos produtos que produzimos”, ressaltou.
Já o prefeito Gilmar Olarte disse que o setor produtivo pode ser comparado com o professor. “Todos nós passamos pelas mãos dos professores, mas nem eles e tampouco nós, sem os alimentos produzidos no campo, não existiríamos”, argumentou.

Aplicativo – No encontro, o técnico em análise e desenvolvimento de sistemas Renato Paniago apresentou o pré-projeto de ferramenta para celular e tablet denominado “Aplicativo Móvel SRCG Rebanho”, tecnologia de gestão de dados voltada para o controle, manejo, movimentação e pesagem de bovinos.
Inicialmente o aplicativo poderá seu utilizados em plataformas da Apple (celulares e tablets), mas logo após a conclusão do projeto sua funcionalidade será desenvolvida para outros sistemas, como o android. O projeto final será apresentado em outubro e a sua distribuição aos produtores rurais está prevista para janeiro do ano que vem.

Participaram do evento, além do prefeito e os presidentes da Câmara Municipal e da Famasul, Cleber Soares, chefe geral da Embrapa Gado de Corte, Ahmed Jebara, presidente do CREA, Eduardo Strang, presidente do Sindivet, Ruy Fachini, diretor-secretário da Famasul, Rafael Gratão, presidente do MNP, Pedro Mendes, presidente da Comissão Agrária da OAB/MS, Odaildo Caetano, representando o arcebispo Dom Dimas Barbosa, e o prefeito de Rochedo João Cordeiro.
 

Autoria: Sindicato Rural de Campo Grande

  • Link:

Comente essa notícia

Agenda de Eventos
Publicidade

A Agroin Comunicação não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos. Todos os direitos reservados © Copyright 2014