Publicado em 08/05/2018 17h13

Exposição Estadual Agropecuária mostra a força do agronegócio mineiro

Evento começa no dia 22 de maio, na Gameleira, com novidades na programação e entrada gratuita

O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), realiza, no período de 22 a 27 de maio, a 58ª Exposição Estadual Agropecuária, no Parque de Exposições da Gameleira, em Belo Horizonte. Tradicional no calendário agropecuário do estado e com entrada gratuita, o evento é realizado em parceria com a Faemg e as instituições vinculadas ao sistema operacional da agricultura – Emater-MG, Epamig e o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), órgão responsável pela gerência do Parque da Gameleira e pela operacionalização da exposição.

Ao longo de quase 60 edições, a exposição tem cumprido sua função de dar visibilidade a importantes setores do agronegócio mineiro, viabilizando negócios e promovendo oportunidades de reciclagem de conhecimentos. “Essa é uma oportunidade para que todos conheçam a força e a diversidade da produção agropecuária no estado. No ano passado, o PIB do setor no estado alcançou R$192,4 bilhões”, afirma o Secretário interino de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Amarildo Kalil.

Para o diretor-geral do IMA Marcílio de Sousa Magalhães a exposição tem confirmado a cada ano seu viés de valorização do agronegócio, ao reunir criadores e pecuaristas inclusive de outros estados, propiciando vendas de animais e intercâmbio de informações que agregam valor ao setor. “É importante frisar, no entanto, que a importância da exposição não se restringe ao seu perfil de evento de negócios, pois a feira tem demonstrado a cada edição sua importância também como opção de lazer para a população, que pode conhecer um pouco da vida no campo”.

Marcílio Magalhães lembra que o Parque da Gameleira comemora em junho 80 anos da sua criação, e que o mesmo tem recebido a atenção do governo de Minas, a exemplo da revitalização da sua infraestrutura realizada no ano passado e que somou investimentos de aproximadamente R$ 4,4 milhões. 

Programação diversificada

A Exposição Estadual Agropecuária trará bovinos, equídeos, caprinos e ovinos que participarão dos julgamentos que irão premiar os exemplares que mais se aproximam do padrão ideal de cada raça. Serão realizados também três leilões.

A feira trará novamente nesta edição as atrações que foram sucesso de público no ano passado como os espaços temáticos. Uma das novidades desta edição é o Galpão de Processamento, onde o público poderá acompanhar algumas etapas do processo de fabricação do algodão, da cachaça e de produtos derivados da apicultura. O objetivo é aproximar cada vez mais o público urbano não apenas do produto final, mas dos processos de produção, divulgando tecnologias e ampliando o conhecimento. 

Produtos certificados da agroindústria de pequeno porte como cachaças, queijos, mel, embutidos, hortaliças e frutas orgânicas, dentre outros, serão comercializados no galpão da agroindústria. No espaço, também vai funcionar uma cozinha gastronômica com o preparo e degustação de pratos, utilizando os produtos em exposição no galpão.

No galpão da floricultura será realizada a Exposição de Flores, Folhagens e Paisagismo, além de cursos com informações básicas para quem deseja se iniciar no cultivo de minijardins de suculentas e terrário. A piscicultura traz a exposição de peixes ornamentais, a 3ª edição do Concurso Nacional de Guppys e Bettas de linhagem, diversos cursos, além da mostra do segmento de peixes de corte.

Para os fãs do segmento pet (animais de estimação e companhia), haverá exposição de animais e feira de adoção de cachorros no galpão do meio ambiente. No espaço, várias atividades vão mostrar o que é possível fazer a partir do material reciclado; além de orientações sobre como montar uma horta doméstica e exposição de mudas. A exposição traz, ainda, atrações consagradas no gosto dos visitantes como a minifazenda, espaço lúdico e de interação, onde o público, especialmente o infantil, pode interagir com os pequenos animais. Toda a programação do evento está disponível no site www.exposicaoagropecuariamg.com.br.

Na avaliação do Presidente da Faemg, Roberto Simões, além de gerar negócios, outro importante objetivo é apresentar a realidade rural ao público urbano, e oferecer às famílias da capital a oportunidade de ter contato com animais e conhecer a origem dos alimentos que consome. “Durante uma semana, Belo Horizonte será a grande vitrine do que é produzido no campo, com avançada tecnologia, melhoramento genético e muita dedicação do produtor rural. A 58ª Exposição Estadual Agropecuária reafirmará o sucesso que a consolida como um importante evento do setor”, afirma.

Os organizadores estimam receber no parque mais de 65 mil pessoas, número que foi registrado na edição de 2017, com a presença de pecuaristas, produtores rurais, profissionais do agronegócio, estudantes de áreas afins ao setor e público em geral.

Serviço:

58ª Exposição Estadual Agropecuária – Entrada Gratuita

Data: 22 a 27 de Maio

Local: Parque de Exposição da Gameleira – Av. Amazonas, 6020 – BH

Horário: 8h às 21 horas

Informações: www.exposicaoagropecuariamg.com.br

Autoria: Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais

  • Link:

Comente essa notícia

Publicidade

A Agroin Comunicação não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos. Todos os direitos reservados © Copyright 2014