Publicado em 11/06/2018 16h13

Safra 2018/19: Expectativas indicam aumento na produção de soja dos EUA

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) reporta nesta terça-feira (12), às 13h00 (horário de Brasília), seu novo boletim mensal de oferta e demanda para a safra americana e mundial. E as expectativas dos participantes do mercado é que o órgão revise para cima as projeções para as produções de soja e milho norte-americanas.

Os investidores apostam em números entre 116,35 milhões a 120,56 milhões de toneladas para a safra de soja dos EUA na temporada 2018/19. No relatório anterior, o número projetado foi de 116,48 milhões de toneladas.

Para o milho, as estimativas dos participantes do mercado para a produção giram em torno de 356,64 milhões a 370,96 milhões de toneladas. Em maio, a estimativa ficou em 356,64 milhões de toneladas do cereal.

Segundo explica o consultor de mercado da Brandalizze Consulting, Vlamir Brandalizze, esses são os números mais aguardados pelos traders e a perspectiva de aumento na safra é decorrente do clima favorável no Meio-Oeste americano até o momento. "E, por isso, vemos essa queda mais forte nos contratos de soja e milho na Bolsa de Chicago (CBOT) nesta segunda-feira (11)", completa.

Na tarde desta segunda-feira, os contratos futuros da soja recuavam mais de 1% na Bolsa de Chicago. Os futuros do milho exibiam desvalorizações de mais de 2%.

Até a semana anterior, cerca de 75% das lavouras de soja apresentavam boas ou excelentes condições. No milho, o percentual era de 78%. O USDA atualiza as condições das lavouras no final da tarde desta segunda-feira.

Já a produtividade das lavouras de soja dos EUA é estimada entre 55 sacas a 56,7 sacas por hectare, contra as 55 sacas de soja projetadas em maio. Para o milho, os números estão entre 183,2 sacas e 186,9 sacas do grão por hectare. No último reporte, a projeção ficou em 184,15 sacas por hectare.

Estoques finais

Do mesmo modo, os participantes do mercado também esperam pelas projeções dos estoques finais americanos da nova temporada. Para a soja, os números estão entre 10,61 milhões e 19,11 milhões de toneladas. Em maio, a estimativa ficou em 11,29 milhões de toneladas.

Os estoques finais de milho dos EUA deverão ficar entre 36,2 milhões a 45,47 milhões de toneladas, conforme expectativas dos traders. O USDA estimou os estoques finais do cereal em 42,73 milhões de toneladas em maio.

Brasil

As estimativas dos traders para a safra brasileira, da temporada 2017/18, giram em torno de 117 milhões a 119 milhões de toneladas. No último boletim, a estimativa do USDA ficou em 117 milhões de toneladas.

A produção de milho deverá somar entre 73,9 milhões a 87 milhões de toneladas. Em maio, o departamento estimou a safra brasileira do cereal em 87 milhões de toneladas.

Argentina

O país vizinho deverá colher entre 36 milhões a 39 milhões de toneladas de soja. O USDA projetou a produção argentina da oleaginosa em 39 milhões de toneladas em maio.

No caso do milho, as estimativas giram em torno de 31 milhões a 33 milhões de toneladas. O volume reportado no último relatório foi de 33 milhões de toneladas do cereal.

Autoria: Fernanda Custódio | Notícias Agrícolas

  • Link:

Comente essa notícia

Publicidade

A Agroin Comunicação não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos. Todos os direitos reservados © Copyright 2014