Publicado em 13/06/2018 20h45

Estoque privado de arroz cresce 69% este ano, para 689,3 mil toneladas

Levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento foi realizado no período de fevereiro a maio de 2018

O estoques privado de arroz, em casca e beneficiado, alcança 689,3 mil toneladas, volume que corresponde a um aumento de 69% em comparação com o ano passado (408 mil t). O levantamento é de técnicos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), realizado no período de fevereiro a maio de 2018.

Na pesquisa deste ano, verificou-se que 578 mil t são de arroz em casca e 72 mil t são de cereal beneficiado. Já a posição do estoque público total, na data de referência, era de 25 mil t.

Conforme a Conab, o objetivo do estudo é saber a quantidade do produto que está armazenada em unidades particulares e também qual é o estoque de passagem até o dia 28 de fevereiro deste ano, data em que finaliza a safra 2016/2017. As informações consolidadas permitirão ao governo conhecer o balanço da oferta e demanda e darão subsídios para a elaboração das políticas agrícolas e de abastecimento relativos à cultura. Entre as informações coletadas estão volume, tipo, distribuição espacial e por segmento de armazenadores do arroz em casca e beneficiado.

O estudo levou em conta as unidades armazenadoras e indústrias de beneficiamento localizadas nos maiores Estados produtores do Brasil: Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Mato Grosso, que juntos concentram 85% da produção nacional. As informações foram coletadas por meio do Sistema de Pesquisa de Estoques Privados (Sipesp).

Autoria: Estadão Conteúdo

  • Link:

Comente essa notícia

Agenda de Eventos
Publicidade

A Agroin Comunicação não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos. Todos os direitos reservados © Copyright 2014