Publicado em 03/10/2019 09h56

China adiciona 1 milhão de tons às compras de soja nos EUA

A China elevou as tarifas de importação em 25% sobre a soja nos EUA em julho de 2018

As empresas chinesas compraram até 1 milhão de toneladas de soja nos Estados Unidos depois que o governo emitiu mais isenções de tarifas retaliatórias de importação, informou a Bloomberg, citando pessoas familiarizadas com a situação. As empresas estatais e de capital fechado compraram de 12 a 15 cargas, principalmente para embarque este ano e algumas para janeiro, continuou informando a consultoria. 

Além disso, funcionários do governo chinês teriam renunciado a outros 2 milhões de toneladas em compras menos as tarifas, além de 2 a 3 milhões de toneladas isentas na semana passada. Autoridades de alto nível dos EUA e da China devem se reunir na próxima semana na capital norte-americana Washington, para continuar trabalhando na resolução da disputa comercial em andamento entre as duas nações. 

Levando em consideração as informações divulgadas pela consultoria, é possível dizer que a China elevou as tarifas de importação em 25% sobre a soja nos EUA em julho de 2018, em retaliação aos direitos dos EUA sobre produtos chineses. Nesse contexto a Guerra Comercial travada entre os dois países foi determinante para esse contexto nacional e global. 

Falando sobre esse tema recentemente, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que o “mundo é dos patriotas e não dos globalistas”, dando a entender que irá priorizar os interesses do seu país em detrimento de outros. “Somos a potência mais poderosa do mundo, mas espero nunca ter de usar esse poder. Tenho o imenso privilégio de me dirigir a vocês hoje como o líder eleito de uma nação que valoriza a liberdade, a independência e o autogoverno acima de tudo”, comentou ele. 

Autoria: Leonardo Gottems - Agrolink

  • Link:

Comente essa notícia

Publicidade

A Agroin Comunicação não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos. Todos os direitos reservados © Copyright 2014