Publicado em 04/10/2019 09h28

Sanções dos EUA contra o Irã atrasam embarques de grãos

Os navios transportam soja e milho, principalmente da América do Sul.

As sanções dos EUA ao Irã encalharam 20 navios transportando cerca de 1 milhão de toneladas de grãos fora dos portos iranianos, informou a Reuters, citando fontes diretamente envolvidas no comércio. As sanções renovadas, que cobrem uma ampla gama de produtos, de petróleo a atividades financeiras, criaram problemas de pagamento e adicionaram custos a algumas das maiores empresas comerciais do mundo, informou a agência de notícias. 

As sanções impediram vários bancos estrangeiros de fazer negócios iranianos. Fontes disseram à Reuters que as cargas estão sendo retidas por mais de um mês fora de Bandar Imam Khomeini e Bandar Abbas, os maiores portos de mercadorias do Irã. Os navios transportam soja e milho, principalmente da América do Sul. 

De acordo com uma autoridade portuária iraniana, que não quis ser identificada, houve problemas desde que as sanções dos EUA foram impostas ao sistema financeiro do Irã em novembro de 2018. "O que mudou é que agora o número de bancos, traders que estão longe de fazer negócios com o Irã está aumentando", disse a autoridade à Reuters. 

A Bunge e a COFCO International estão entre as empresas de grãos afetadas, informou a agência de notícias. A COFCO se recusou a comentar e um porta-voz da Bunge disse que "embora não comentemos nem confirmemos contratos comerciais, a Bunge exporta commodities agrícolas de acordo com todas as estruturas legislativas aplicáveis". 

Fontes comerciais disseram à Reuters em dezembro que a Bunge, a Cargill e outros fornecedores haviam suspendido novos acordos de fornecimento de alimentos ao Irã devido a problemas de pagamento. "Em alguns países onde existem sanções internacionais, fornecemos esses alimentos usando a exceção humanitária para medicamentos e alimentos", disse Cargill. 

Autoria: Leonardo Gottems | Agrolink

  • Link:

Comente essa notícia

Publicidade

A Agroin Comunicação não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos. Todos os direitos reservados © Copyright 2014