Publicado em 25/03/2020 18h10

Soja sobe nos EUA com incerteza na América do Sul

Coronavírus continuará nas ‘rédeas’ especulativas do mercado

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago (CBOT) registrou na terça-feira (24.03) alta de 2,75 pontos no contrato de Maio/20, fechando em US$ 8,8675 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com valorizações de 1,75 a 3,00 pontos.

Os principais contratos futuros tiveram mais uma sessão de ganhos no mercado norte-americano da soja, ainda diante da incerteza em torno da logística na América do Sul. “Com isto, nasce uma oportunidade para a soja americana, onde as cadeias de suprimentos na agricultura não sofreriam interrupções. No entanto, lembra-se que a China continua muito ativa originando da América do Sul e possivelmente continuará nesse sentido, caso não haja mais complicações nos embarques”, aponta a T&F Consultoria Agroeconômica.

De acordo com a ARC Mercosul, o mercado vive uma montanha-russa de emoções, com dias de extremo pessimismo e seguido de recuperações acentuadas: “Hoje foi mais um dia de altas, com a Administração de Trump dando indícios de que as medidas de contenção ao COVID-19 já deverão ser ‘afrouxadas’ em uma semana com o possível controle da doença. No entanto, a ARC alerta que precisaremos observar a erradicação total do vírus antes mesmo de assumir um cenário de extremo otimismo para a macroeconomia mundial”. 

“Caso contrário, o Coronavírus continuará nas ‘rédeas’ especulativas do mercado. O movimento de desaceleração de risco hoje também foi fomentado por práticas mais intensas dos Bancos Centrais em amenizar os efeitos negativos à economia de seus respectivos países. A ARC alerta cautela em assumir um sentimento extremamente otimista para o setor agrícola. Apesar das exportações da soja aceleradas no Brasil e o câmbio com viés de alta no curto prazo, devemos usar as atuais ofertas futuras para avançar com vendas 2021”, concluem os analistas da ARC Mercosul.

Autoria: Leonardo Gottems | Agrolink

  • Link:

Comente essa notícia

Publicidade

A Agroin Comunicação não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos. Todos os direitos reservados © Copyright 2019.