Publicado em 06/06/2024 23h00

MS Florestal realiza ações educativas em escolas de três municípios e distribuição de centenas de mudas

Nesta Semana do Meio Ambiente serão organizadas diversas atividades, como entrega de mudas e conscientização de combate a incêndio.
Por: Assessoria de imprensa

Alunos de escola municipal de Água Clara revitalizam horta. Foto: Divulgacao 

A MS Florestal, empresa genuinamente sul-mato-grossense na área de florestas, realiza diversas atividades educativas com crianças do ensino público em alusão à Semana do Meio Ambiente. Foram organizadas ações em escolas da zona rural nos municípios de Água Clara, Bandeirantes e Ribas do Pardo. Ao todo serão distribuídas 500 mudas de árvores nativas e frutíferas.

A programação teve início na manhã de ontem (4). O time de Meio Ambiente prestou apoio à Escola Estadual Chico Mendes, de Água Clara, fornecendo transporte e refeição a 40 alunos para conhecer o Bioparque Pantanal, em Campo Grande. Além desta, a equipe de Relações com a Comunidade, com participação da Brigada de Incêndio Florestal, levou mudas e orientações educativas para a Escola Municipal Takigawa, em Ribas do Rio Pardo.

Nesta terça-feira (5), data que marca o Dia do Meio Ambiente, a ação da vez foi no distrito de São Domingos, na Escola Municipal Eva Freitas Mathias. Foram doados materiais para revitalização da horta da escola. As atividades seguem ao longo desta semana e na próxima, até o dia 12 de junho.

Recicla Verdinho 

Comprometida com a comunidade com o desenvolvimento sustentável, e dentro da temática de sustentabilidade e cuidado com o meio ambiente, hoje também foi lançado o Projeto Recicla Verdinho, em Santa Rita do Pardo. A iniciativa realizada pela MS Florestal acontece em parceria com Bracell Social e prefeitura do município, e é um projeto que une educação, sustentabilidade e empreendedorismo.

Cada estudante do município tem a oportunidade de trocar dez itens de reciclagem por uma moeda social, um "Verdinho", que pode ser utilizado para adquirir produtos da agricultura familiar nas feiras livres da cidade. O valor das moedas trocadas é repassado integralmente aos produtores. 

No ano passado, o Projeto foi realizado em parceria com o Sebrae, por meio do Cidade Empreendedora, e as prefeituras locais, com apoio da MS Florestal especificamente em Santa Rita do Pardo e Bataguassu.

Conforme dados do Projeto, em 2023 foram mais de 40 mil volumes trocados e mais de 4 mil Verdinhos distribuídos em Santa Rita do Pardo. Já em Bataguassu, também até o final do ano passado, foram mais de 22 mil volumes trocados e mais de 2 mil Verdinhos distribuídos. A continuação em Bataguassu será oficialmente lançada ainda no primeiro semestre deste ano.

“Cada ação em prol do meio ambiente é uma contribuição valiosa para o futuro do nosso planeta. Entendemos que o cuidado com o meio ambiente não é apenas uma responsabilidade, mas uma oportunidade de promover o desenvolvimento sustentável, extrapolando as fronteiras das localidades onde atuamos”, expressa Marisa Coutinho, Gerente de Relações Institucionais, Governamentais e com Comunidades da MS Florestal.