Publicado em 19/02/2021 19h16

Ministérios trabalham em plataforma de recursos genéticos

Objetivo é criar um banco de informações integrado no País

`

politica-agricultura-recursos-geneticos
Ministérios da Agricultura e da Ciência e Tecnologia estão trabalhando em conjunto (Foto: Divulgação/Mapa)

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, e o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), Marcos Pontes, se reuniram na quinta-feira para discutir parceria na adoção da Política e da Plataforma Nacional de Recursos Genéticos para Alimentação e Agricultura. Segundo nota da pasta agrícola, a previsão é de que o projeto seja lançado em junho.

O objetivo é criar um banco de informações integrado no País - que concentra 20% de toda a biodiversidade do Planeta - para garantir a preservação do patrimônio genético de espécies vegetais, animais e microbianas, "contribuindo para a evolução da agropecuária e da segurança alimentar". "O Brasil é uma potência agroambiental. A gente precisa saber o patrimônio que tem. É uma questão de segurança nacional", afirmou a ministra.

Pontes destacou que uma das formas de colaboração do MCTI poderá ocorrer por meio da Rede Nacional de Pesquisa e Ensino (RNP), com a conexão de todos os participantes do projeto. Além disso, ele sugeriu a criação de um sistema de captação de informações para abastecer a plataforma. Uma das ferramentas utilizadas será o banco genético para conservação de recursos genéticos da Embrapa, que é o quinto maior do mundo.

Segundo o Ministério da Agricultura, são mais de 110 mil amostras de 800 espécies diferentes de seres vivos. "A ideia é expandir essa plataforma nacionalmente, com a inclusão de outras instituições públicas e privadas, como universidades e institutos federais, além de representantes dos setores agrícolas", cita a nota do ministério. "A nova plataforma deverá contar com um sistema e uma rede nacionais, que poderão ser acessados pelos setores público e privado e também alinhados internacionalmente."

Autoria: Estadão Conteúdo

  • Link:

Comente essa notícia

Publicidade
A Agroin Comunicação não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos. Todos os direitos reservados © Copyright 2019.