Publicado em 21/07/2021 11h33

Soja volátil deixa produtor na defensiva

No estado do Santa Catarina os preços da oleaginosa subiram mais 1,44%

`

A soja se encontra bastante volátil no mercado do Rio Grande do Sul, o que acaba deixando o produtor na defensiva, inseguro com as vendas. De acordo com a TF Agroeconômica, o movimento é compreensível. “Com tamanha volatilidade, é natural que o produtor fique um tanto quanto defensivo, de tal forma que mesmo em um dia de altas acabe não vendendo muito”, indica. 

“A cadência de venda do produtor permanece semelhante à de  semana  passada,  com  os  volumes  saindo  de  forma suficiente  apenas  para  cumprir  com  as  primeiras necessidades, pois preferem um mercado mais estável e com preços ainda melhores para fazer grandes vendas. Os preços de pedra foram valorizados em R$3,00 em relação a ontem, indo a R$157,00. Os demais preços nos mercados de lotes variaram um pouco menos, subindo em cerca de R$2,50. Ao todo 20.000 toneladas foram negociadas”, completa. 

No estado do Santa Catarina os preços da oleaginosa subiram mais 1,44%, mas o agricultor prefere vender milho. “Os preços de hoje para a  soja no porto de  São Francisco do Sul chegaram a R$176,00, mas agora, com a ideia de que os preços devem chegar a R$180,00, novamente o produtor permaneceu fora do mercado e nada foi feito em negócios. O que tem saído mais facilmente e recebido a atenção geral é o milho altamente valorizado devido ao mau clima”, completa. 

A volatilidade do dia acabou gerando respostas negativas no Paraná. “Hoje  o  mercado  foi  muito  lento  devido  à  volatilidade  de  todo  o  período  do  pregão.  As  coisas  ficaram  difíceis especialmente após as 13:30, pois nesse horário o dólar havia  alcançado as  maiores altas  do  dia  e  depois disso caiu consideravelmente, o mesmo vale para a bolsa de Chicago,  que  embora  tenha  fechado  em  alta,  não fechou  nos  melhores  valores  do  dia”, conclui. 

Autoria: Leonardo Gottems

  • Link:

Comente essa notícia

Publicidade
A Agroin Comunicação não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos. Todos os direitos reservados © Copyright 2019.