Publicado em 29/07/2021 14h02

Soja recua um pouco nos mercados do Sul do Brasil

Santa Catarina tem negócios saindo a R$170,00, mas o mercado continua lento

`

No Rio Grande do Sul, o mercado da soja permanece parado de uma forma geral, com negócios pequenos e muito pontuais sendo reportados, de acordo com informações que foram divulgadas pela TF Agroeconômica. “Como se espera, após as quedas dos últimos dias, os produtores seguram sua mercadoria, buscando vender apenas o essencial para a manutenção de suas estruturas”, comenta. 

“Em um melhor momento, os preços de pedra valeram R$153,00 Panambi, mesmos valores registrados no dia anterior e os preços para entrega em abril/maio de 2022 chegaram a R$182,00 CIF porto. Ademais, as vendas ainda estão dentro do projetado no ultimo senso, o produtor está muito tranquilo e a espera de melhores momentos”, completa. 

Santa Catarina tem negócios saindo a R$170,00, mas o mercado continua lento. “De forma bastante rara, alguns valores foram vendidos hoje a R$170,00 com pagamento a vista, a maior parte das pedidas continua a R$180,00. Estima-se que 600 toneladas foram negociadas a esses valores, volume razoável se considerar que Santa Catarina já anda bem avançada na comercialização e a soja não sai nem mesmo a preços de R$5,00 a R$6,00 melhores do que os atuais. Ademais, a maioria dos produtores continua muito na defensiva, desejando preços a R$180,00/saca. CIF São Francisco do Sul para fim de agosto de 2021 está sendo pedido a R$169,50, muito longe da disposição do produtor”, indica. 

Os preços estão voltando a marcar quedas nos principais pontos do Paraná e perda de R$2,00 em Paranaguá. “Os preços tanto de Paranaguá, quanto de Ponta Grossa sofreram desvalorizações, o primeiro perdeu 1,91% de valor, correspondente a R$2,00/saca e o outro perdeu 0,61%, o correspondente a R$1,00. Os preços mais ao norte do Estado permaneceram parados”, conclui. 

Autoria: Leonardo Gottems

  • Link:

Comente essa notícia

Publicidade
A Agroin Comunicação não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos. Todos os direitos reservados © Copyright 2019.