Publicado em 29/07/2021 14h03

China se afasta e mercado internacional da soja enfraquece

Nos EUA, os prêmios de base FOB nos portos do Golfo para embarque em setembro aumentaram

`

O mercado internacional da soja não registrou demanda da China e se manteve fraco nesse meio de semana, de acordo com informações que foram divulgadas pela TF Agroeconômica. Na origem, os mercados estavam calmos devido ao pouco ou nenhum interesse de compra da China em meio a margens de esmagamento domésticas negativas e após uma semana em que vários negócios foram fechados. 

“No mercado brasileiro de papel de Paranaguá, os prêmios de base para entrega em 2021 caíram, com os contratos de setembro caindo 2 c/bu no dia para $ 1,33/bu sobre os futuros de setembro. Na Argentina, os prêmios FOB continuaram a trajetória de alta predominante desde o início do mês e ganharam cerca de 4 c/bu no dia, com as cargas de setembro avaliadas a 87 c/bu sobre o futuro de setembro”, comenta a consultoria. 

Nos EUA, os prêmios de base FOB nos portos do Golfo para embarque em setembro aumentaram no dia para US$ 1,11/bu sobre o futuro subjacente. “Em uma base CFR, os contratos de óleo de soja na Dalian Commodity Exchange caíram na quarta-feira, arrastados pela queda dos preços do óleo de soja e do óleo de palma na CBOT e fraca demanda doméstica. Os contratos de farelo de soja subiram pelo segundo dia consecutivo. A atividade de trading no mercado chinês foi lenta devido à deterioração da margem de esmagamento esta semana, já que apenas um carregamento de soja brasileira para agosto/setembro foi comprado na terça-feira”, completa. 

“O indicador CIF China para embarque em setembro da opção mais barata foi avaliado em 309 c/bu sobre o futuro de setembro, equivalente a US$ 613/t, queda de US$ 6,25/t em relação ao dia anterior. O Conselho de Estado da China disse nesta quarta-feira que tomaria medidas para estabilizar os preços do suíno e manter a produção de carne suína, controlando os principais surtos de doenças e melhorando o sistema de ajuste de emergência das reservas de carne suína”, conclui. 

Autoria: Leonardo Gottems

  • Link:

Comente essa notícia

Publicidade
A Agroin Comunicação não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos. Todos os direitos reservados © Copyright 2019.