Publicidade
Publicado em 11/02/2015 14h03

Trigo/Cepea: maior oferta pressiona valores do grão e derivados

Nos últimos sete dias, os valores do trigo em grão recuaram levemente no Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo, tanto no mercado de balcão (preço pago ao produtor) quanto no mercado de lotes (negociações entre empresas), pressionados pela maior oferta. Isso porque, segundo pesquisadores do Cepea, triticultores precisam liberar espaço para armazenar a produção da safra de verão, que começa a ser colhida.
Por: Cepea/Esalq

tribo

Dessa forma, o preço do trigo tipo 1 segue abaixo do mínimo estipulado pelo governo para os estados do Sul, de R$ 33,45/saca 60kg. Em relação à venda doméstica de farinha, continua fraca. Mas, com o fim das férias escolares e considerando-se estoques menores do derivado, a liquidez deve melhorar.

Quanto ao farelo, moinhos têm apresentado dificuldade de armazenamento, principalmente do produto a granel, que ocupa mais espaço. Para elevar o escoamento, vendedores estão reduzindo os preços, mas, com a maior oferta de milho – ambos são substitutos em ração animal –, a procura é pequena.