Publicidade
Publicado em 24/05/2022 20h06

Colheita da soja da safra 2021/22 atinge 98,1% da área no País

Segundo a Conab, os trabalhos de campo avançaram 1,3 ponto porcentual, em comparação à semana passada.
Por: Estadão Conteúdo

A colheita da soja da safra 2021/22 atingiu 98,1% da área plantada no Brasil até o último sábado (21/05), informou a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) em levantamento semanal de progresso de safra. Os trabalhos de campo avançaram 1,3 ponto porcentual na semana e estão 0,9 ponto porcentual atrasados em relação a igual período do ano anterior (99,0%). Dos Estados que ainda estão colhendo a safra, a retirada da oleaginosa está mais atrasada no Maranhão (89%) e Santa Catarina (98%).

Quanto ao milho, a Conab informou que a colheita da safra de verão totalizou 83,7% da área plantada no País - avanço de 3,6 pontos porcentuais ante a semana anterior e 4,6 pontos porcentuais à frente de igual período do ano anterior (79,1%). Goiás é o Estado em que a retirada do cereal está mais avançada, com 98% da área colhida, enquanto o Maranhão está com a colheita mais lenta (30%).

Sobre o milho de segunda safra, a Conab afirmou que a semeadura do cereal alcançou 0,2 ponto porcentual no País, avanço de 0,2 ponto porcentual ante a semana anterior e em comparação com igual período do ano passado. Apenas o Estado de Mato Grosso iniciou a retirada do cereal em 0,4% da área plantada.

Segundo a Conab, a semeadura da safra de trigo 2021/22 alcançou, até o último sábado, 27,5% da área estimada - avanço de 11,3 pontos porcentuais na semana e de 11,1 pontos porcentuais em relação a igual período do ano anterior. O plantio das lavouras está mais adiantada em Mato Grosso do Sul (78%). No momento, apenas os Estados de Paraná (43%) e São Paulo (62%) estão plantando o cereal.

A Conab informou, ainda, que a colheita de arroz da temporada 2021/22 atingia 96% da área projetada no País no último sábado. Os trabalhos de campo avançaram 1,3 ponto porcentual ante a semana anterior e estão 1,1 ponto porcentual atrasado em relação com o reportado em igual período da safra passada (97,1%). Rio Grande do Sul é o Estado que está na frente na retirada do cereal, com 98% da área colhida, e Maranhão está atrás, com 70% da área retirada.

De acordo com a Conab, a colheita de algodão 21/22 alcançou 0,4% da área plantada no País - 0,1 ponto porcentual de avanço em relação à semana anterior e 0,2 ponto porcentual adiantada ante a safra passada. Apenas Minas Gerais (2%), Mato Grosso do Sul (3%) e Bahia (1,5%) iniciaram a retirada da fibra do campo.