Publicidade
Publicado em 28/10/2014 16h31

GTPS promove Dia de Campo e apresenta melhorias em prol da pecuária sustentável

Visitas serão realizadas em fazendas de MS e MT e participantes verão os resultados alcançados em propriedades que adotaram boas práticas agropecuárias
Por: GTPS

Entre os dias 29 de outubro a 7 de novembro, o Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS) promoverá Dias de Campo nas fazendas de Aquidauana e Campo Grande (ambas em MS) e Alta Floresta (MT). As visitas são voltadas a diversos elos da cadeia de valor da pecuária, integrantes do GTPS e participantes da Conferência Global da Carne Sustentável, realizada entre os dias 2 e 5 de novembro, no WTC Center, em São Paulo.

 

A primeira visita será em 29 e 30 de outubro, em parceria com a Associação Brasileira da Pecuária Orgânica (ABPO), na Fazenda São José, em Aquidauana (MS). A conservação do Pantanal está diretamente relacionada em como está a produção da pecuária local. Na maioria das fazendas da região, a pecuária é uma atividade com um reduzido fornecimento de insumos externos e que maximiza a utilização dos recursos naturais.  Para agregar valor à produção, alguns fazendeiros optaram por certificar suas propriedades como orgânicas. Durante a visita os participantes conhecerão mais detalhes sobre este programa, chamado Pecuária Orgânica Certificada, desenvolvido pela ABPO e Embrapa Pantanal com apoio do GTPS, WWF e Korin.

 

Nos dias 31 e 1º de novembro, a programação será na Associação dos Produtores de Novilho Precoce do Mato Grosso do Sul (Novilho Precoce MS), com apresentação dos primeiros resultados das fazendas que adotaram o programa BPA (Boas Práticas Agropecuárias), com o apoio do GTPS, Senar/MS, Embrapa, Carrefour, Navi Carnes e Grupo JBS. O estado do Mato Grosso do Sul tem a maior área de pastagem e um dos maiores rebanhos bovinos do País. As parcerias entre institutos de pesquisa e governos federais e estaduais permitiram os avanços no melhoramento genético do gado, o que resultou em uma carne de alta qualidade e melhores rendimentos de carcaça. Esses resultados também têm reflexo no fornecimento para mercados nacionais e internacionais, que exigem a implementação de processos de controle de qualidade de seus fornecedores.

 

A última visita, nos dias 6 e 7 de novembro, será nas fazendas de Alta Floresta, no Mato Grosso. Os participantes conhecerão parte das propriedades parceiras do Instituto Centro de Vida (ICV), uma instituição cuja missão é construir soluções compartilhadas para a sustentabilidade do uso da terra. O objetivo da parceria, que contempla ainda Embrapa, Instituto Internacional para Sustentabilidade, Solidariedad, Imaflora, Sindicato Rural de Alta Floresta, Sindicato Rural de Cotriguaçu e JBS, é reduzir a pressão pela abertura de novas áreas de floresta e, ao mesmo tempo, melhorar a atividade na sua produtividade, retorno econômico e qualidade do produto, tendo o Guia de Boas Práticas Agropecuárias (BPA) para Bovinos da Embrapa como base técnica. Os resultados técnicos, econômicos e ambientais já se mostram promissores.

 

Para mais informações sobre inscrição e programação dos Dias de Campo, acesse www.GRSBeef.org.